1.000 novos Fuzis FN Scar H 7.62 para a Polícia Militar do Estado de São Paulo

A compra, realizada por meio de processo licitatório internacional, contempla 1 mil unidades de fuzis calibre .7,62 e 300 unidades de fuzis calibre .5.56. Durante realização de pregão público para o fornecimento dos modelos, a italiana Beretta apresentou propostas com menor valor. A fabricante, porém, não entregou os modelos para avaliação dentro do período previsto no edital sendo, portanto, sucedida pela empresa belga FN Herstal.

A fabricante da Bélgica apresentou proposta de R$ 13.497,60 (€ 3.000) por cada unidade do fuzil calibre .7,62 modelo Scar-H, e uma proposta de R$ 12.220,91 (€ 2.711) por cada unidade do fuzil calibre .5.56 modelo Scar-L. Se os modelos forem aprovados na fase de testes, o investimento para a aquisição dos 1,3 mil novos fuzis será de R$ 17,1 milhões.

O modelo Scar-L, calibre .5.56, foi apresentado na terça-feira, 15 de outubro, no Centro de Material Bélico da Polícia Militar. A fase de testes foi iniciada no estande de tiros da Academia de Polícia Militar do Barro Branco. Esta etapa terá duração de 10 dias, quando serão reproduzidas avaliações que constam na norma OTAN AC/225D/14. Trata-se de uma padronização de controle de qualidade internacional específica para as chamadas “armas leves”.

De acordo com o tenente-coronel Marco Valério, do Centro de Material Bélico da Polícia Militar, atender a estes critérios é fundamental para garantir maior segurança, qualidade e durabilidade na aquisição e no manuseio dos fuzis. Ao término dos 10 dias de testes com o modelo, terá início a fase de testes com os fuzis calibre .7,62.

Enquanto o fuzil .556 é mais leve e apropriado para operar em ambientes urbanos, o .7,62 dispara projéteis maiores e capazes de percorrer distâncias mais longas. Trata-se de uma arma de apoio, principalmente para os Batalhões de Choque e para os Baeps, unidades vocacionadas ao enfrentamento do crime organizado.

Testes para a compra de 1,3 mil fuzis, no estande de tiros da Academia de Polícia Militar do Barro Branco. Imagem via PMESP.

1.000 novos Fuzis FN Scar H 7.62 para a Polícia Militar do Estado de São Paulo.

1.000 novos Fuzis FN Scar H 7.62 para a Polícia Militar do Estado de São Paulo. A nossa Força Pública não para!#POLICIAMILITARSP #AFORÇAPÚBLICADESÃOPAULOCOMUNICAÇÃO SOCIAL PMESP

Posted by Polícia Militar do Estado de São Paulo on Friday, November 29, 2019

Programa de modernização

Essas aquisições fazem parte do Programa de Modernização das Armas, do Governo do Estado de São Paulo, que é responsável pela aquisição de 40 mil pistolas .40 e 1 mil armas de incapacitação neuro-muscular. Estão previstas ainda licitações para compra de 10 metralhadoras leves, 1 mil submetralhadoras, 4 mil coletes de proteção balística, dois fuzis de precisão (sniper) e munições, tanto para os fuzis de precisão quanto para calibre .12. A aquisição faz parte de um pacote de investimento de R$ 108,9 milhões

“Estamos adquirindo ferramentas de trabalho. Isso é um respeito ao profissional que passa a ter melhores condições de trabalho”, disse o Secretário da Segurança Pública, general João Camilo Pires de Campos, durante a cerimônia de assinatura de compra de 40 mil pistolas semiautomáticas, na segunda-feira (14).

A modernização do arsenal das forças públicas de segurança do Estado de São Paulo vem de encontro à necessidade de melhorar ainda mais as condições de enfrentamento ao crime. Apenas neste ano de 2019, até o mês de julho, mais de 7 mil armas de fogo haviam sido apreendidas e retiradas de circulação em todo o Estado. Deste total, 156 eram fuzis que estavam em poder de criminosos.

“Esta política de segurança objetiva que a Polícia Militar do Estado de São Paulo seja uma referência internacional tanto na adoção de boas práticas quanto na qualidade de seus equipamentos”, diz o tenente-coronel Marco Valério.

Sobre o FN SCAR

O FN SCAR (em inglês: Fabrique Nationale Special Operations Forces Combat Assault Rifle) é um fuzil de auto-carregamento a gás (pistão de gás de curso curto) com um parafuso rotativo. Ele é construído para ser extremamente modular, incluindo mudança de cano para alternar entre calibres. O fuzil foi desenvolvido pela fabricante belga FN Herstal (FNH) para o Comando de Operações Especiais dos Estados Unidos (SOCOM) para satisfazer os requisitos da competição SCAR. Esta família de fuzis consistem em dois tipos principais. O SCAR-L, para “light” (leve), está embutido em cartucho 5.56×45mm NATO e o SCAR-H, para “heavy” (pesado), está embutido em 7.62×51mm NATO. Ambos estão disponíveis nas variantes Close Quarters Combat (CQC), Standard (STD) e Long Barrel (LB).

No início de 2004, o Comando de Operações Especiais dos Estados Unidos (USSOCOM) emitiu uma solicitação para uma família de Forças de Operações Especiais de Fuzis de Combate Assalto, o chamado SCAR, projetado em torno de dois calibres diferentes, mas com alta semelhança de peças e ergonomia idêntica. O sistema FN SCAR concluiu os testes de produção inicial de baixa taxa em junho de 2007. Após alguns atrasos, os primeiros fuzis começaram a ser emitidos para unidades operacionais em abril de 2009 e um batalhão do US 75th Ranger Regiment foi a primeira grande unidade implantada em combate com 600 dos fuzis em 2009. O Comando de Operações Especiais dos Estados Unidos cancelou mais tarde a compra do SCAR-L e planejou remover o fuzil de seu inventário até 2013. No entanto, eles continuarão a comprar a versão SCAR-H e também planejam comprar kits de conversão de 5,56 mm para o SCAR-H, permitindo que ele substitua o SCAR-L.

Variantes militares

  1. SCAR-L – fuzil de assalto 5.56×45mm NATO
  2. SCAR-L CQC (Close Quarters Combat) – Cano de 250 mm (10 pol.)
  3. SCAR-L STD (Padrão) – Cano de 360 mm (14 pol.)
  4. SCAR-L LB (Cano Longo) – Cano de 460 mm (18 pol.)
  5. SCAR PDW – Variante de arma de defesa pessoal 5.56×45mm NATO com um comprimento de cano de 170 mm (6,5 pol.)
  6. SCAR-SC- Carabina subcompactada 5.56×45mm NATO. Pesa 3,1kilos (cerca de 6,8 libras), tem um cano de 7,5 polegadas e tem um punho de pistola sem descanso de dedo. Possui um alcance efetivo menor de 200m. Uma versão de 300 blackout que também será lançada. Estará disponível até meados de 2018.
  7. SCAR-H – fuzil de batalha 7.62×51mm NATO
  8. SCAR-H CQC (Close Quarters Combat) – Cano de 330 mm (13 pol.)
  9. SCAR-H STD (Padrão) – Cano de 410 mm (16 pol.)
  10. SCAR-H LB (Cano Longo) – Cano de 510 mm (20 pol.)
    Sniper Support Rifle (SSR) – designated marksman rifle 7.62×51mm NATO
  11. Precision Rifles (7.62×51mm NATO)
  12. FN SCAR-H PR (Fuzil de precisão) – Cano de 510 mm (20 pol.), gatilho de partida de dois estágios, estoque dobrável e punho da pistola M16A2.
  13. FN SCAR-H TPR (Fuzil de precisão tática) – Cano de 510 mm (20 pol.), gatilho de combinação de dois estágios, estoque fixo ajustável e punho da pistola M16A2.
  • Com informações da PMESP e FN Herstal via redação Orbis Defense.


Be the first to comment on "1.000 novos Fuzis FN Scar H 7.62 para a Polícia Militar do Estado de São Paulo"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*