A Força-Tarefa de Bombardeiros da USAF continua efetuando missões na região do Mar Negro

Imagem via USAF com fotos de Master Sgt Burt Trainor & Ted Daigle.

Três bombardeiros B-52H Stratofortress da Força Aérea dos EUA conduziram voos de treinamento de múltiplos domínios em águas internacionais nas proximidades do Mar Negro, desde 14 de setembro de 2020.

Durante os voos, os B-52s operaram em conjunto com caças ucranianos Su-27 e romenos F-16 que efetuaram sua escolta. O treinamento com aliados da OTAN como a Romênia e parceiros como a Ucrânia aumenta as capacidades e a prontidão da aliança e fortalece o compromisso coletivo com a segurança e estabilidade globais.

O vôo foi coordenado em apoio ao Bomber Task Force Europe, que é uma série de missões desenvolvidas para permitir que as tripulações se treinem e se familiarizem com diferentes localizações geográficas e aliados.

As aeronaves B-52 do 5th Bomb Wing, Minot Air Force Base de North Dakota, estão atualmente baseadas na base da RAF de Fairford/Inglaterra, de ondem podem alcançar praticamente toda a Europa oriental e assim causar a dissuasão necessária ao atual momento de tensões que acontecem.

 

Bombardeiros B-1 da Força Aérea dos EUA concluem missão europeia BTF

O avião bombardeiro B-1 Lancer da Força Aérea dos Estados Unidos, baseado no Texas, efetuou um voo em uma missão planejada e liderada pela Força Tarefa de Bombardeiros (BTF) do Comando Europeu dos Estados Unidos (USEUCOM) no dia 11 de setembro.

Imediatamente após a missão sobre o espaço aéreo internacional sobre o Mar da Sibéria Oriental, aeronaves e tripulações foram transferidas para a Base da Força Aérea de Eielson, perto de Fairbanks, Alasca, para se preparar para outro desdobramento há muito programado para a Europa.

Os três Lancers, do 345º Esquadrão de Bombardeiros na Base Aérea de Dyess em Abilene, Texas, demonstraram como os bombardeiros estratégicos dos EUA são capazes de apoiar qualquer missão, em qualquer lugar do globo a qualquer momento.

A missão, que complementou a implantação de seis B-52s no RAF Fairford na Inglaterra, mostrou como ativos baseados nos Estados Unidos podem ser empregados para atingir um objetivo operacional nos flancos leste e oeste da USEUCOM.

Esta missão contínua de 14 horas e 4.300 milhas náuticas também marcou a primeira vez que uma missão europeia BTF foi apoiada por uma unidade Lancer B-1 da Reserva da Força Aérea dos EUA, avançando assim os esforços de integração total da força.

Essas missões de bombardeiros estratégicos ilustraram claramente a capacidade da Força Aérea dos Estados Unidos de executar continuamente missões de vôo e manter a prontidão em apoio aos nossos Aliados e parceiros, independentemente de qualquer desafio externo.

  • Com informações da USAF/United States European Command e Images via USAF com fotos de Master Sgt Burt Trainor & Ted Daigle.via redação Orbis Defense Europe.





Be the first to comment on "A Força-Tarefa de Bombardeiros da USAF continua efetuando missões na região do Mar Negro"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*