Al-Qaeda e militantes apoiados pela Turquia efetuam ataque em grande escala no norte da Síria

Imagem via AFP.

Militantes radicais anti-Assad lançaram no início de 1º de novembro um ataque em larga escala contra posições militares sírias e áreas civis no norte de Lattakia.

O ataque surpresa está sendo liderado por Hay’at Tahrir al-Sham (HTS), o ramo da al-Qaeda na Síria. Outras facções do grupo terrorista e elementos do Exército Nacional Sírio (SNA anti-Assad), apoiado pela Turquia, estão participando da ofensiva. Ativistas afiliados ao HTS e outros grupos terroristas alegaram que os militantes conseguiram capturar várias aldeias e posições ao sul da cidade de Kabani.

O HTS e seus aliados ainda não anunciaram oficialmente o ataque ou confirmaram as alegações dos ativistas. No entanto, fontes pró-governo confirmaram que um ataque está em andamento.

O interior do norte de Lattakia é uma região proeminente alawita e armênia. Em 2013, centenas de civis foram mortos ou sequestrados durante um ataque semelhante por facções apoiadas pela Turquia. Um ano depois, milhares, principalmente armênios, foram deslocados da região como resultado de outro ataque.

O novo ataque à região coincide com uma ofensiva turca nas áreas de maioria curda no nordeste da Síria. Militantes radicais do SNA estão liderando a ofensiva, cometendo crimes de guerra contra civis na região.

Membro do serviço secreto turco foi morto em combates no nordeste da Síria

Um membro do serviço turco foi morto e outros seis ficaram feridos enquanto operavam na província de Al-Hasakah, no nordeste da Síria, anunciou o Ministério da Defesa Nacional turco em 1º de novembro.

Em um comunicado oficial, o ministério disse que os soldados foram alvejados com um dispositivo explosivo improvisado (IED) perto da cidade fronteiriça de Ras al-Ayn.

Nos últimos três dias, a zona rural da cidade testemunhou intensos confrontos entre militantes sírios apoiados pela Turquia, de um lado, e a Força Democrática Síria (SDF), liderada pelos curdos, e o Exército Árabe da Síria (SAA), por outro.

Os ataques em torno de Ras al-Ayn estão violando os recentes acordos da Turquia com a Rússia e os EUA. Ambos os acordos implicam que um cessar-fogo deve ser imposto na região.

Os militares turcos e seus representantes sírios lançaram a Operação Primavera da Paz contra as forças curdas no nordeste da Síria no mês passado. Até agora, dez militares turcos foram mortos na região.

  • Com informações SANA Syria e Arab News via redação Orbis Defense Europe.


Be the first to comment on "Al-Qaeda e militantes apoiados pela Turquia efetuam ataque em grande escala no norte da Síria"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*