Armênia ameaça usar mísseis Iskander caso a Turquia apoie o Azerbaijão com caças F-16

Imagem via Russian MoD.
1.7kviews

A Armênia ameaça usar seus sistemas de mísseis balísticos de curto alcance Iskander contra o Azerbaijão em Nagorno-Karabakh se a Turquia começar a usar caças F-16 para realizar ataques contra as forças armênias. O anúncio foi feito pelo embaixador da Armênia na Rússia, Vardan Toganyan.

O diplomata também esclareceu que “até agora, os sistemas de defesa aérea em serviço são suficientes para eliminar os drones turcos”.

“A liderança militar afirmou repetidamente que se a espada de Dâmocles na forma de F-16 turcos pairar sobre o povo de Nagorno-Karabakh, todas as medidas serão tomadas, incluindo o Iskander. Ou seja, as Forças Armadas armênias terão que usar todo o seu arsenal para garantir a segurança ”, acrescentou Toganyan.

Em 2016, a Armênia se tornou o primeiro país onde este complexo operacional-tático foi fornecido.

Anteriormente, o porta-voz do Ministério da Defesa da Armênia, Artsrun Hovhannisyan, observou que, se necessário, Yerevan poderia usar Iskander, e Baku, em resposta, prometeu preparar uma “resposta adequada”.

Tal desenvolvimento da situação é bastante improvável, pois significaria a entrada aberta da Turquia em um conflito militar em grande escala.

Além disso, é relatado que a Armênia não recorreu ao CSTO após o agravamento em Karabakh.

“Sempre defendemos e continuamos a apoiar uma solução pacífica para o conflito. O OSCE Minsk Group é um mecanismo internacionalmente reconhecido para resolver o conflito em Nagorno-Karabakh ”, disse o secretário de imprensa do CSTO, Vladimir Zainetdinov.

Ao mesmo tempo, os especialistas enfatizam que a assistência através da organização é fornecida no caso de uma ameaça militar aos países participantes (e as hostilidades não são conduzidas na própria Armênia).

O presidente armênio, Armen Sarkissian, acusou a Turquia de fornecer diretamente a Baku drones de nível militar, mercenários e até caças F-16s que já estariam moblizados e implantados em alguma nase no Azerbaijão.

O governo do Azerbaijão afirma que a Turquia não participa de nenhum confronto em Nagorno-Karabakh. Ancara apoiou abertamente a última ofensiva lançada pelas forças azeris no domingo, apesar dos inúmeros apelos de seus aliados na aliança da OTAN liderada pelos EUA para mostrar moderação.

O 9K720 Iskander (SS-26 Stone na nomenclatura da OTAN) é um sistema móvel de mísseis balísticos de curto alcance, de design russo, a serviço dos militares armênios. Yereven disse que estava aberto para implantar os Iskanders, bem como jatos de ataque ao solo Su-25, se fosse necessário para igualar a escalada do Azerbaijão no conflito em curso na região disputada.

 

  • Com informações STF Analisys & Intelligence, AFP e Reuters via redação Orbis Defense Europe.




Be the first to comment on "Armênia ameaça usar mísseis Iskander caso a Turquia apoie o Azerbaijão com caças F-16"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*