Autor de ataque na base da Marinha de Pensacola é um militar saudita; crime é “relacionado ao terrorismo”

O autor do ataque na Estação Aérea Naval de Pensacola é um membro da Força Aérea da Arábia Saudita e o incidente da manhã de sexta-feira, que deixou o atacante e três vítimas mortas e oito outras feridas, está sendo investigado como um possível incidente de terrorismo islâmico.

De acordo com informações extra oficiais do FBI e de outros meios de investigação o militar saudita demonstrava sinais de radicalização evidente e fanatismo religioso.

O governador da Flórida, Ron DeSantis, confirmou em uma entrevista coletiva às 12:50 da CST que o suspeito é oficial Mohammed Alshamrani, membro da Força Aérea Saudita, estudante de aviação da Arábia Saudita.

O comandante da base, Capitão Timothy F. Kinsella Jr., confirmou que o suspeito era um estudante de aviação e não estava autorizado a ter uma arma na base.

“Armas não estão autorizadas na base. Você não pode trazer uma arma para a base, a menos que faça parte das forças de segurança ”, afirmou.

A estação naval é uma base de treinamento e é usada para progamas de treinamento de militares de todo o mundo. Kinsella disse que “algumas centenas” de militares estrangeiros ainda estão treinando normalmente na base.

Kinsella confirmou nesta manhã que o tiroteio ocorreu dentro de um dos edifícios da sala de aula da base de treinamento em pelo menos dois andares.

O suspeito foi morto no local pelo delegado de um xerife do condado de Escambia. Duas outras vítimas morreram no local e a terceira vítima fatal morreu no hospital.

Sete outros continuam hospitalizados com ferimentos, incluindo dois policiais que foram baleados no braço e no joelho, respectivamente.

Com informações da U.S. Navy e America MilNews 24 via redação Orbis Defense Europe.





Be the first to comment on "Autor de ataque na base da Marinha de Pensacola é um militar saudita; crime é “relacionado ao terrorismo”"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*