China ordena fechamento de consulado dos EUA em Chengdu

O consulado dos Estados Unidos em Chengdu amanheceu cercado pela polìcia chinesa local. Imagem via Associated Press.

Em resposta à decisão de Washington de fechar o consulado chinês em Houston em meio a acusações de espionagem, o governo da China ordenou o fechamento de um dos cinco consulados dos EUA na China continental, em Chengdu.

Três dias após a escolha americana de fechar o consulado chinês em Houston sob acusação de espionagem, e deixar 72 horas para os diplomatas chineses fazerem as malas, os Estados Unidos terão que fechar sua representação diplomática na grande cidade de Chengdu (sudoeste), anunciou em 24 de julho o Ministério das Relações Exteriores da China, argumentando “uma resposta legítima e necessária às medidas irracionais dos Estados Unidos”.

Além da embaixada em Pequim, os Estados Unidos têm cinco consulados na China continental (Cantão, Xangai, Shenyang, Chengdu, Wuhan) e um em Hong Kong. A missão de Chengdu, inaugurada em 1985, cobre todo o sudoeste da China, incluindo a Região Autônoma do Tibete.

São 200 funcionários, incluindo 150 de status local. “A situação atual das relações sino-americanas não corresponde aos desejos da China e os Estados Unidos são inteiramente responsáveis ​​por isso”, declarou Pequim, pedindo a Washington que “crie as condições necessárias para que as relações bilaterais voltem ao normal”.

Fonte: https://www.fmprc.gov.cn/mfa_eng/zxxx_662805/t1800369.shtml

As tensões sino-americanas, alimentadas por disputas comerciais e acusações mútuas sobre a origem do Covid-19, aumentaram nas últimas semanas, por exemplo sobre a recente entrada em vigor da “lei sobre segurança nacional em Hong Kong” ou sobre o tema do tratamento dos uigures na região de Xinjiang .
Nos dois casos, Pequim alegou a “séria interferência” americana em seus assuntos internos.

Aumentando a pressão, Mike Pompeo, secretário de Estado dos Estados Unidos, pediu em 23 de julho ao “mundo livre” que “triunfasse” sobre a “nova tirania”, encarnada de acordo com ele pelo Partido Comunista Chinês, que ele visa. regularmente nas redes sociais. “A China hoje é cada vez mais autoritária dentro do país e mais agressiva em sua hostilidade à liberdade em qualquer outro lugar”, disse ele, chegando ao ponto de qualificar o presidente da República Popular da China, Xi Jinping, de “um seguidor sincero de uma ideologia totalitária falida”.

Falando sobre o fechamento do consulado chinês em Houston, Mike Pompeo disse que essa representação diplomática era “um centro de espionagem chinesa” e “o roubo de propriedade intelectual americana”.

Por seu lado, os Estados Unidos através do FBI procuram por uma espiã chinesa, acusada de ocultar seus vínculos com seu exército para obter um visto americano, tenha se refugiado no consulado chinês em San Francisco para escapar de sua prisão.

  • Com informações da Agence France Press e Associated Press via redação Orbis Defense Europe.




Be the first to comment on "China ordena fechamento de consulado dos EUA em Chengdu"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*