Embaixada dos EUA em Baghdad (Iraque) é invadida e incendiada por militantes do Hezbollah de Kata’ib

Imagem de hoje da invasão da embaixada dos EUA no Iraque. Foto via STF Analysis & Intelligence.

Nesse 31 de dezembro, manifestantes e militantes do Hezbollah de Kata’ib no Iraque invadiram a Embaixada dos EUA em Bagdá e atearam fogo em quase toda a instalação. Tudo começou com um grande protesto anti-governo e alguns membros das Unidades de Mobilização Popular (PMU) que estavam protestando diante da embaixada.

O embaixador e a equipe dos EUA teriam sido evacuados da embaixada em Bagdá bem antes da invasão ainda nas primeiras horas do dia, depois que milhares de manifestantes se reuniram do lado de fora do prédio para protestar contra um ataque aéreo dos EUA contra um grupo de milícias apoiado pelo Irã.

Os líderes das Unidades de Mobilização Popular (PMU) exigiram o fechamento da embaixada dos EUA, e os apoiadores da PMU tentaram invadir o local por diversas vezez sendo repelidos pelas forças de segurança americanas, porém mais tarde ocorreu uma provavel ordem de abandono do prédio.

Aconteceu um violento confrontos e troca de tiros quando os manifestantes invadiram a embaixada e por fim bandeiras do Hezbollah de Kata’ib (uma parte da PMU) foi hasteada na embaixada.

Aparentemente alguns guardas e militares permaneceram e, como nas notícias mais recentes, haviam se barricado na embaixada, esperando a multidão romper os portões, como pode ser visto em um vídeo. Os soldados norte-americanos dentro da embaixada parecem aguardar ordens sobre como agir.

Mais recentemente, às 15 horas, horário local no Iraque, o primeiro-ministro Adil Abdul-Mahdi instou os apoiadores e membros das Unidades de Mobilização Popular e, especificamente, o Kata’ib Hezbollah a deixar as instalações da Embaixada dos EUA.

Tudo isso é resultado de um recente ataque aéreo dos EUA às posições do Kata’ib Hezbollah na Síria e no Iraque. Washington afirma que o Hezbollah Kata’ib é um grupo terrroísta. O grupo, que faz parte das Unidades de Mobilização Popular e, portanto, parte oficial das forças armadas iraquianas, prometeu uma resposta dura aos EUA.

 

  • Com informações Reuters, STF Analysis & Intelligence via redação Orbis Defense Europe.




Be the first to comment on "Embaixada dos EUA em Baghdad (Iraque) é invadida e incendiada por militantes do Hezbollah de Kata’ib"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*