Extremistas promovem tumultos e vandalismos no oeste do país após a posse de Joe Biden

Imagem captura de tela via KOIN 6 Oregon TV.

Os tumultos violêntos que eram previstos pelo FBI e esperado por muitos aconteceu, mas efetuado justamente pelos movimentos que deveriam estar satisfeitos com a posse de Joe Biden. Nenhum protesto efetuado por partidários republicanos e outros movimentos opositores de Joe Biden e/ou Pró-Trump foi registrado em algum lugar dos EUA até o momento.

Em Seattle, na noite da posse de Joe Biden, centenas de manifestantes de movimentos de esquerda, entre antifas e BLM’s promoveram tumultos violêntos e depredações, queimando bandeiras americanas gigante no meio da estrada.

Os protestos violêntos também foram realizados em Denver, Portland, Sacramento e algumas outras cidades meores pela região oeste dos EUA. O curioso é que as grandes mídias dos EUA estão relutantes em dar cobertura aos fatos ou até mesmo minizando a situação, e, grande parte das informações são divulgadas por observadores independentes por meio de redes sociais.

Na noite de 20 de janeiro, após a cerimônia de posse do presidente democrata Joe Biden , manifestantes, muitos pertencentes ao movimento Antifa, BLM e outros da extrema esquerda, bloquearam o trânsito no centro de Seattle, na costa oeste dos Estados Unidos, queimando um bandeira americana gigante no meio da estrada.

Bandeiras também foram queimadas em Denver, em frente ao Capitólio do Estado do Colorado. Indivíduos vestidos de preto protestaram em Portland, Oregon, e se reuniram em frente ao Capitólio do Estado da Califórnia em Sacramento promovendo violências contras transeuntes e depredando bens públicos e particulares.

De acordo com a Fox News , os manifestantes de Seattle eram de 150 a 175. Eles também teriam vandalizado a vitrine de uma loja Amazon Go, e a polícia teria realizado apenas duas prisões. Em Denver, Colorado, cerca de 150 manifestantes também atearam fogo a uma bandeira americana em frente ao Capitólio do Estado, promoveram badernas e vandalismos .

Os manifestantes em Portland, ou seja, cem pessoas, quebraram as janelas de um prédio que abriga os escritórios do Partido Democrata. Eles carregavam cartazes dizendo “Nós não somos governáveis”, ( Nós não somos governáveis) e “Um novo mundo das cinzas” (Um novo mundo das cinzas). Outra manifestação intitulada ” Inaugurar a justiça e defender a vida dos negros ” também ocorreu, segundo a Fox News . Um jornalista local no local também pôde filmar os danos cometidos contra prédios e veículos ainda em Portland.

  • Com informações Reuters, NBC News, KOIN 6 USA Oregon, ABC News, RT France via redação Orbis Defense Europe.




Be the first to comment on "Extremistas promovem tumultos e vandalismos no oeste do país após a posse de Joe Biden"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*