Força de Resposta Imediata da 82ª Divisão Aerotransportada mobilizada para ações anti-tumultos nos EUA?

Um contngente da 82a Airborne estaria mobilizado apenas aguardado as ordens presidenciais. Imagem ilustrativa via U.S. Army.
673views

Publicacações em redes sociais dos EUA feitas por militares, e, declarações de fontes militares extra-oficiais dão fortes indicios que o Pentágono ordenou que a Força de Resposta Imediata da 82ª Divisão Aerotransportada fosse mobilizada para envio a área de DC em meio a tumultos em todo o país.

A informação também vem de fontes ligadas ao Pentágono, que também disseram ao U.S. Military News e outras midias dos EUA, que a 16ª Brigada de Polícia Militar de Fort Bragg também estava mobilizada para ações em Washington DC.

A Força de Resposta Imediata da 82a Aerotransportada é a mesma que foi empregada no início deste ano para reprimir violentos protestos apoiados pelo Irã no Iraque. Fontes anônimas ligadas ao  Pentágono informaram na segunda-feira que as forças estavam preparando seus equipamentos para o envio à Capital Federal, mas as autoridades do Pentágono não confirmaram nada até o momento.

Trump orders active military to US Capitol:https://www.breitbart.com/politics/2020/06/01/82nd-airborne-division-officially-alerted-to-deploy-to-d-c-amid-riots/

Posted by DEARBORN AREA COMMUNITY MEMBERS on Monday, June 1, 2020

A certeza do emprego de tropas federais finalmente vem do próprio U.S. DoD, que emitiu um memorando no dia 02/06, no qual o secretário de Defesa dos EUA, Dr. Mark T. Esper não especifica sobre o emprego da Força de Resposta Imediata da 82a Aerotransportada, mas deixa claro o apoio e emprego de forças militares federais para ações de proteção da segurança do povo e propriedades dos cidadão dos EUA em casos de terrorismo e outras calamidades, que se encaixam perfeitamente para o caso atual das insurreições que acontecem pelos EUA.

O secretário de Defesa dos EUA, Dr. Mark T. Esper, enviou uma mensagem ao Departamento de Defesa sobre seu apoio contínuo às autoridades civis, nesse dia 03 de junho.

No memorando, disse o Dr. Esper, faz as alusões ao emprego das Forças Armadas dos Estados Unidos em situações de crises internas, entre outras conjecturas.

O memorando pode ser acessado no link abaixo, publicado no site do Departement of Defense dos EUA:

https://www.defense.gov/Newsroom/Releases/Release/Article/2206224/message-to-the-department-support-to-civil-authorities/

https://media.defense.gov/2020/Jun/03/2002309686/-1/-1/1/MESSAGE_TO_THE_DEPARTMENT_ON_SUPPORT_TO_CIVIL_AUTHORITIES.PDF

As implantações de tropas federais em Washington DC acontecem depois que anarquistas e depredadores disfarçados de manifestantes agrediram policiais e civis, saquearam lojas, destruiram monumentos nacionais e queimaram uma igreja histórica a uma quadra da Casa Branca.

O Presidente Trump durante uma conferência de imprensa na segunda-feira anunciou que estava despachando unidades militares em resposta aos atos de anarquismo e violências contra civis.

“Meu primeiro e mais alto dever como presidente é defender nosso grande país e o povo americano. Fiz um juramento de defender as leis de nossa nação, e é exatamente isso que farei ”, disse ele.

“Enquanto falamos, estou despachando milhares e milhares de soldados fortemente armados, militares e agentes da lei para impedir os tumultos, saques, vandalismo, agressões e a devassa destruição de propriedades”, acrescentou.

Trump também conversou com os governadores antes, durante uma teleconferência, na qual pediu que eles mostrassem força e retirassem os manifestantes das ruas para evitar mais violências.

O senador Tom Cotton (R-AR), um veterano do Exército que está perto do governo Trump, disse na segunda-feira de manhã que “a anarquia, os tumultos e os saques precisam terminar hoje à noite” e sugeriu o envio de forças de serviço ativo.

Ele acrescentou: “E, se necessário, a 10ª Montanha, 82ª Aerotransportada, 1ª Cav, 3ª Infantaria – o que for necessário para restaurar a ordem. O Presidente Trump prometeu que não serà dada nenhuma conivência para insurrecionistas, anarquistas, manifestantes e saqueadores.

Sobre a 82a Airborne

A 82ª Divisão Aerotransportada é uma divisão de infantaria aerotransportada do Exército dos Estados Unidos, especializada em operações de assalto de paraquedas, em áreas restritas estabelecida pelo Departamento de Defesa dos EUA como capaz de “responder a contingências de crises em qualquer lugar do mundo dentro de 18 horas”. Sediada em Fort Bragg, Carolina do Norte, a 82ª Divisão Aerotransportada faz parte do XVIII Corpo Aerotransportado. A 82ª Divisão Aerotransportada é a divisão estrategicamente mais móvel do Exército dos EUA. Mais recentemente, a 82ª aerotransportada conduziu operações no Iraque, treinando e auxiliando as forças de segurança iraquianas.

A divisão foi constituída, originalmente como 82ª Divisão, no Exército Nacional em 5 de Agosto de 1917, logo após a entrada americana na Primeira Guerra Mundial. Foi organizada em 25 de agosto de 1917, em Camp Gordon, na Geórgia, e mais tarde serviu com distinção na Frente Ocidental nos últimos meses da Primeira Guerra Mundial. Uma vez que os seus membros iniciais vieram de todos os 48 estados, a divisão adquiriu o apelido de All-American, que é a razão do famoso “AA” no ombro. A divisão serviu posteriormente na Segunda Guerra Mundial, onde, em agosto de 1942, foi reconstituída como a primeira divisão aérea do Exército dos EUA e lutou em inúmeras campanhas durante a guerra.

  • Com informações Associated Press, Americam Military News e U.S. DoD via redação Orbis Defense Europe.




Be the first to comment on "Força de Resposta Imediata da 82ª Divisão Aerotransportada mobilizada para ações anti-tumultos nos EUA?"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*