Forças armadas gregas em alerta sobre atividade naval turca em Kastellorizo

A Marinha Grega em alerta desde domingo se prepara para ações contra a Turquia. Imagem ilustrativa via Greek Navy.

Com o comportamento da Turquia no Mediterrâneo Oriental se tornando cada vez mais provocativo, a Grécia tem se preparado para uma possível escalada de tensões, em meio a temores de que as autoridades turcas sejam compensadas pelas ameaças de iniciar explorações de hidrocarbonetos nas ilhas de Creta ou Kastellorizo.

As forças armadas gregas foram colocadas em alerta e o chefe do Estado-Maior General de Defesa Nacional Helênico (GEETHA), Konstantinos Floros, acelerou seu retorno de Chipre.

Houve preocupações sobre uma possível intervenção turca no Oriente Médio, em uma tentativa de impedir um acordo sobre o delineamento de uma zona econômica exclusiva (ZEE) entre a Grécia e o Egito, que está sendo discutido atualmente entre funcionários dos dois países.

Durante uma visita a Atenas na terça-feira, o ministro das Relações Exteriores da Alemanha, Heiko Maas, pediu à Turquia que interrompa a perfuração de recursos naturais no Mediterrâneo Oriental.

Também na terça-feira, um par de caças turcos do F-16 entraram no espaço aéreo grego às 14h23 e sobrevoaram as ilhotas de Strongyli e Megisti, perto de Kastellorizo, a uma altitude de 12.500 pés.

A estação Antalya Navtex anunciou na terça-feira planos para uma pesquisa sísmica turca ao sul e leste da ilha grega de Kastellorizo, de 21 de julho a 2 de agosto e oO navio de exploração sísmica Oruc Reis da Turquia está planejado para chegar à área.

O aumento da atividade naval turca foi observado na base naval de Aksaz, com 15 navios da marinha supostamente saindo de lá, colocando Atenas e a Marinha Helênica em alerta.

  • Com informações do Ekathimerini.com e AFP via redação Orbis Defense Europe.




Be the first to comment on "Forças armadas gregas em alerta sobre atividade naval turca em Kastellorizo"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*