Fragata “União” regressa a Base Naval do Rio de Janeiro após nove meses em operação no Líbano

Fragata União retorna a sua Base no Rio de Janeiro, após realizar nove meses de operação no Líbano. Foto: Marinha do Brasil
No dia 26 de outubro, a Fragata “União”, com 200 tripulantes, regressou a Base Naval do Rio de Janeiro após nove meses de afastamento do País, em razão da participação da Força-Tarefa Marítima da Força Interina das Nações Unidas no Líbano (FTM-UNIFIL).
A Fragata “União” deixou o Rio de Janeiro-RJ em 27 de janeiro, para realizar a Comissão “Líbano XV”. Após chegar a Beirute, permaneceu por seis meses operando sob a égide das Nações Unidas. Depois de ser substituída na missão pela Corveta “Barroso”, deixou o país no dia 17 de setembro para a volta ao Rio de Janeiro. Em sua viagem de regresso, realizou escalas logísticas nos portos de Toulon (França), Las Palmas (Espanha) e Maceió-AL, para o reabastecimento do navio.
A FTM-UNIFIL é uma Força Naval comandada por um Almirante brasileiro e conta com a presença, além do navio brasileiro, de outros cinco de diferentes nacionalidades (Alemanha, Bangladesh, Grécia, Indonésia e Turquia). A Força tem a tarefa de patrulhar diuturnamente as águas do Mediterrâneo, a fim de impedir a entrada de armas e explosivos em território libanês, além de prestar apoio ao treinamento da Marinha do Líbano.
Mais de mil familiares e amigos dos tripulantes da Fragata aguardaram sua chegada à Base Naval do Rio de Janeiro. A emoção do reencontro, depois de tanto tempo distante, foi muito forte. Entre abraços, beijos, sorrisos e lágrimas, todos estavam felizes e agradecidos pelo regresso em segurança depois da missão cumprida com sucesso.
  • Com informações do CCSM


Be the first to comment on "Fragata “União” regressa a Base Naval do Rio de Janeiro após nove meses em operação no Líbano"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*