Fuzileiros Navais dos EUA finalizam seis semanas de treinamento de guerra ártica na Noruega

Fuzileiros Navais dos EUA com a Força de Rotação da Marinha Europa 21.1 (MRF-E), Forças da Marinha da Europa e África, criaram obstáculos para uma posição defensiva durante o Exercício Reindeer II em Setermoen, Noruega, 28 de novembro de 2020. Reindeer II foi um exercício de treinamento bilateral realizado pelos militares noruegueses para aumentar as capacidades de apoio entre os aliados da OTAN em condições extremas. (Foto do Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA por Lance Cpl. Patrick King) via U.S. Marine Corps Forces Europe and Africa.

Fuzileiros navais dos EUA da Marine Rotational Force-Europe concluíram seu treinamento ártico intensivo no domingo, dia 06/12, marcando o fim de uma implantação de seis semanas em Setermoen, Noruega, e voltaram para sua estação de origem, Camp Lejeune, NC(EUA).

Fuzileiros Navais do USMC e marinheiros da U.S. Navy aprenderam como sobreviver, progredir e lutar no início do inverno ártico. Para o estado-maior e os comandantes, o USMC treinou o que é necessário para nos integrarmos verdadeiramente à Brigada Norte (OTAN) em todas as funções de combate.

Esta implantação, que terminou com a conclusão bem-sucedida do Exercício Reindeer II, foi a primeira das implantações MRF-E curtas desde o final das implantações rotacionais de seis meses em setembro, e melhorou ainda mais a prontidão operacional, interoperabilidade e cooperação de segurança dos EUA e as forças norueguesas.

Os Fuzileiros Navais continuaram o legado do longo e estreito relacionamento de segurança entre os Estados Unidos e a Noruega, desdobrando com segurança mais de 300 fuzileiros navais e marinheiros para participar do treinamento em clima frio do Ártico e do exercício de Reindeer II ao lado dos soldados da Brigada Norte.

Em janeiro de 2021, o 3º Batalhão, o 6º Regimento de Fuzileiros Navais retornará à Noruega como parte do MRF-E para conduzir uma implantação de acompanhamento consistindo de aproximadamente 1.000 fuzileiros navais e marinheiros.

“Estou ansioso pelo retorno dos fuzileiros navais em janeiro”, disse o brigadeiro Pål Berglund, comandante da Brigada Norte. “Nossa cooperação aumenta a interoperabilidade da OTAN e garante interesses comuns. O treinamento de inverno na Noruega é difícil e é uma ótima oportunidade para aumentar suas habilidades. ”

Após um período de quarentena em seu local de treinamento na Noruega para mitigar o risco de exposição e transmissão de COVID-19, os fuzileiros navais e marinheiros de MRF-E 21.1 continuarão o treinamento de guerra ártica e participarão de exercícios multilaterais Reindeer e Joint Viking.

“À medida que a noite polar se torna a norma, esperamos continuar nossos passos em uma interoperabilidade mais entrelaçada com a Brigada Norte e o Exército norueguês”, disse Gordinier. “O ‘Batalhão Teufelhunden’ tem a honra de fazer parte da linhagem de destacamentos da Força Rotacional da Marinha na Europa. Sabemos que o resto do inverno ártico está chegando e estamos ansiosos pela nossa busca contínua pela excelência para tornar mais forte a nossa aliança da OTAN.

  • Fonte: U.S. Marine Corps Forces Europe and Africa via redação Orbis Defense Europe.

Para saber mais:

U.S. Mariners se preparam para conflitos de inverno na Europa

U.S. Mariners se preparam para conflitos de inverno na Europa

U.S. Mariners se preparam para conflitos de inverno na Europa





Be the first to comment on "Fuzileiros Navais dos EUA finalizam seis semanas de treinamento de guerra ártica na Noruega"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*