Governo turco envia tropa de choque para impedir que migrantes retornem à Turquia

Unidade desconhecida de Policia de Choque da Turquia. Imagem ilustrativa via Reuters.

O regime turco diz que enviará 1.000 policiais de um batalhão especial de choque para sua fronteira com a Grécia, para impedir que os migrantes retornem à Turquia.

O ministro do Interior da Turquia, Suleyman Soylu, anunciou na quinta-feira que está mobilizando 1.0000 policiais especiais para impedir que milhares e milhares de migrantes retornem ao território turco.

Em uma tentativa descarada de se posicionar moralmente em uma situação perigosa que a própria Turquia iniciou, o ministro do Interior afirmou que 164 migrantes foram gravemente feridos e um morto pelas autoridades gregas, algo que as autoridades gregas certamente contestariam.

“Eles feriram 164 pessoas. Eles tentaram empurrar 4.900 pessoas de volta à Turquia ”, disse Soylu. “Estamos implantando 1.000 policiais das forças especiais no sistema de fronteiras … para evitar a reação”.

Como a Voz da Europa relatou anteriormente, um vídeo apareceu na manhã de quarta-feira, que parece mostrar a polícia turca disparando gás lacrimogêneo em direção ao lado grego da fronteira, perto do rio Evros, não muito longe da vila de Kastanies. Outros vídeos circularam nas mídias sociais, que parecem representar a polícia e o exército turcos obrigando os migrantes a irem para a fronteira grega.

Dias atrás, o vice-ministro da Defesa da Grécia, Alkiviadis Stefanis, anunciou que os migrantes que se reuniram na fronteira greco-turca – a maioria dos quais são homens em idade de serviço militar e fizeram cerca de 9.600 tentativas de entrar ilegalmente na Grécia. Todas as tentativas foram frustradas pelas forças de segurança gregas.

A crise em curso na fronteira greco-turca foi iniciada pelo regime turco há uma semana, quando cumpriu sua promessa de ” abrir os portões ” e “inundar” a Europa com os 3,6 milhões de migrantes que ele estava abrigando até agora .

O líder do regime turco Recep Tayyip Erdogan estava ameaçando fazê-lo desde o outono passado.

Imagens mostram Policia Turca disparando gás lacrimogêneo contra migrantes na fronteira grega em Evros

Um vídeo apareceu na manhã de quarta-feira, que parece mostrar a polícia turca disparando gás lacrimogêneo em direção ao lado grego da fronteira, perto do rio Evros, não muito longe da vila de Kastanies.

O vídeo mostra membros da polícia turca disparando nada menos que quatro disparos empregando granadas de gás lacrimogêneo, quando os guardas de fronteira gregos entraram em choque com um grupo de migrantes em sua maioria em idade de combate.

Na quarta-feira, vários confrontos entre forças fronteiriças gregas e migrantes ocorreram perto da vila fronteiriça de Kastanies, ao longo da cerca que corre ao longo da maior parte da fronteira terrestre que não é demarcada pelo rio Evros.

 

Turkish police fire tear gas at Greek border

The footage obtained by Greek Reporter appears to show members of the Turkish security forces firing tear gas towards the border with Greece on Wednesday morning. It is not yet confirmed whether the chemicals were directed against Greek forces on the other side of the border or migrants who have converged on the Turkish side.

Posted by Greek Reporter on Wednesday, March 4, 2020

VÍDEO: Ministro grego descreve a verdade do que está acontecendo na fronteira com a Turquia

 

  • Com informações da reportagem de Bulent Usta; Escrito por Ezgi Erkoyun e Tuvan Gumrukcu para a Reuters, Voz da Europa e TVL France via redação Orbis Defense Europe.




Be the first to comment on "Governo turco envia tropa de choque para impedir que migrantes retornem à Turquia"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*