Helicópteros de ataque israelenses realizaram ataques a posições militares da Síria

No final de 27 de fevereiro, helicópteros de ataque israelenses realizaram uma série de ataques a posições militares na província de al-Quneitra, no sul da Síria.

De acordo com a Agência de Notícias Árabe da Síria (SANA), três militares do Exército Árabe da Síria (SAA) foram “levemente feridos” como resultado dos ataques israelenses. As posições alvo foram localizadas perto das cidades de Al-Qahtaniyah e al-Hurriyah, bem como nas proximidades da cidade de al-Quneitra.

De manhã, um ataque israelense de drones na cidade drusa de Hader, em al-Quneitra, matou um civil sírio, Imad Tawil.

Fontes israelenses afirmaram que Tawil estava trabalhando para o Hezbollah do Líbano. No entanto, as informações disponíveis sugerem que ele era apenas um civil.

A nova onda de ataques israelenses pode ter como alvo postos de observação com vista para as Colinas de Golã, ocupadas por Israel. No ano passado, vários ataques aéreos israelenses atingiram essas posições na região sul da Síria.

Aparentemente, esses ataques não tem a ver com a ofensiva turca contra forças sirias em Idlib, mas obviamente ajudam a desestabilizar a jà complicada situação dos
militares da Síria, que felizmente contam com o apoio da Russia.

  • Com informações Reuters, SANA Syria e STF Analysis & Intelligence via redação Orbis Defense Europe.


Be the first to comment on "Helicópteros de ataque israelenses realizaram ataques a posições militares da Síria"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*