Mega ataque do terrorismo islâmico é frustrado na Dinamarca. No alvo; centrais elétricas, escolas e hospitais!

Imagem ilustrativa via AFP.

A polícia dinamarquesa prendeu 20 terroristas islâmicos, que estavam envolvidos na preparação de um grande ataque terrorista principal e uma série de ataques terroristas menores em série em todo o país, que causariam uma gigantesca confusão e pânico generalizado caso acontecessem.

Segundo a polícia, os investigadores realizariam uma ação “abrangente e coordenada” por todo o país para impedir um grande ataque terrorista islâmico, que teria como alvos; shopping centers, depòsitos de combustìveis do aeroporto e do porto, centrais elétricas e até mesmo hospitais e escolas pùblicas do ensino fundamental.

As autoridades admitiram que se o atentado acontecesse, poderia causar a paralisação parcial do pequeno paìs europeu. Também comentaram na coletiva de imprensa que o grupo escolheu a Dinamarca por julgar a vigilância policial fraca em comparação com outros paìses vizinhos, mas se engaram com a eficiência dinamarquesa nos controles de fronteiras, que permitiu a identificação dos terroristas no momento que estes entraram no paìs por vias terrestres e aéreas.

“A razão para esta operação era a confirmação da preparação para realizar uma série de ataques terroristas com um motivo militante islâmico”, disse a polícia de Copenhague em comunicado à imprensa nesta quarta-feira dia 11, mas somente divulgado agora na sexta dia 13 para a imprensa.

O inspetor-chefe da polícia de Copenhague, Joergen Bergen Skov, disse que vários terroristas presos seriam acusados ​​de acordo com as leis de terrorismo do país.

Este ano, o governo dinamarquês impôs controles temporários de fronteira na sua fronteira com a Suécia após o ataque contra a Agência Tributária Dinamarquesa em Copenhague, que levou à prisão de três homens de origem àrabe usando passaportes suecos. O controle de fronteira permitiu identificar para investigação diversos suspeitos islâmicos vindos de outros paìses europeus.

As prisões nas fronteiras da Dinamarca aumentaram muito depois da intensificação dos controles de fronteiras, o que permitiu a prisão de elementos ligados ao terrorismo islâmico tentando se passar por imigrantes ou refugiados. Imagem ilustrativa via AFP.

“Alguns elementos salafistas com ligações com outros salafistas africanos que jà estavam sob observação, compraram itens para fabricar explosivos e tentaram adquirir armas”, acrescentou.

Seis distritos policiais confirmaram à emissora DR que faziam parte da operação: Polícia Oeste de Copenhague, Polícia da Jutlândia do Norte, Polícia de Funen, Polícia da Jutlândia Central e Ocidental e Polícia da Zelândia Central e Ocidental, além da Polícia de Copenhague e da Polícia da Jutlândia Oriental. Skov disse que seis serviços policiais em todo o país invadiram 20 propriedades em busca dos terroristas islâmicos.

Operações policiais foram relatadas na cidade de Aalborg, no norte, bem como em Valby e Herlev, perto de Copenhague, embora atualmente não esteja confirmado se isso faz parte do mesmo caso.

A polícia de Copenhague e o serviço de inteligência policial PET estão programando para fornecer mais detalhes em uma coletiva de imprensa que está em andamento no momento da redação deste artigo.

No briefing, o inspetor-chefe da polícia de Copenhague, Jørgen Bergen Skov, disse que a polícia “agora tem a situação sob controle”, com todos os suspeitos no caso agora presos e nenhum remanescente.

As autoridades dinamarquesas relataram que frustraram vários ataques terroristas menores nos últimos anos, sendo uma média de 2 a 3 por mês, um ìndice considerado grande para um paìs pequeno e não envolvido em polêmicas com o mundo islâmico.

Não há ataques terroristas na Dinamarca desde 2015, quando um terrorista muçulmano de origem palestina matou um homem e feriu varios outros em um centro cultural que organizava um debate sobre a liberdade de expressão.

  • Com informações Euronews, Danmark Politi e Reuters via redação Orbis Defense Europe.





Be the first to comment on "Mega ataque do terrorismo islâmico é frustrado na Dinamarca. No alvo; centrais elétricas, escolas e hospitais!"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*