Polícia Grega e INTERPOL descobrem túneis com armas e explosivos; terroristas turcos de extrema esquerda presos

Unidade especial antiterrorismo da Policia Grega. Imagem ilustrativa via Greek Reporter.

As autoridades gregas prenderam vários membros de uma organização terrorista de extrema esquerda da Turquia, após uma série de investigações que levaram à descoberta de um túnel em Atenas cheio de armas de uso exclusivo militar.

A grande apreensão e prisão de terrroristas ocorrem em um momento oportuno, pois grupos de extremistas islâmicos rastreados pelas autoridades gregas e pela INTERPOL estavam convocando voluntàrios entre os migrantes ilegais que estão na Grécia. Esses voluntàrios efetuariam ataques contra alvos diversos, para pressionar o governo grego a permitir a entrada de centenas de milhares de migrantes da Africa e Oriente Médio que estão a meses nas fronteiras gregas, fechadas para a migração ilegal.

Um total de onze membros do Partido Revolucionário do Povo Marxista-Leninista (DHKP-C), todos cidadãos turcos, foram reunidos durante varreduras realizadas pelo Serviço Nacional de Inteligência e Serviço Antiterrorismo da Grécia, informa a Polícia Grega e o jornal grego Kathimerini .

Fonte: https://www.kathimerini.gr/1070126/article/epikairothta/ellada/melh-ths-toyrkikhs-dhkp-c-oi-syllhf8entes-se-sepolia-kai-e3arxeia—ti-vre8hke-sto-toynel

Durante as varreduras, realizadas em várias propriedades nos distritos de Sepolia e Exarchia, em Atenas, as forças de segurança encontraram um túnel de 47 metros cheio de um esconderijo de armas de nível militar, que incluíam lançadores de foguetes anti-tanque, lançadores de granadas, AK- 47 rifles e outras armas de fogo e peças de armas de fogo.

Nos apartamentos invadidos, a polícia descobriu e confiscou vários telefones celulares, laptops, discos rígidos, tablets e dispositivos de armazenamento de dados digitais, entre outras coisas.

Os Estados Unidos, o Reino Unido, a União Europeia e o governo turco classificaram o Partido Revolucionário de Libertação Popular (DHKP-C) uma organização comunista revolucionária de extrema esquerda como organização terrorista.

O grupo esteve envolvido em vários ataques na Turquia e deseja derrubar o governo de Recep Tayyip Erdogan e instalar um regime comunista em seu lugar. Aparentemente agora trabalham para os interesses do regime em troca de indulgências e perdão de penas de integrantes presos.

Além do grupo estar envolvido em atividades de tràfico de drogas e migração ilegal, acredita-se também que a organização terrorista tenha se envolvido em um ataque suicida à embaixada dos EUA em Ancara em 2013.

Entre os 11 homens presos, havia um homem de 60 anos de idade, preso em 2013, juntamente com um curdo e dois gregos, por possuírem armas antitanque e outras armas em um barco na ilha grega de Quíos, na Egeu Oriental.

Outras 15 foram presas durante a operação antiterrorista, uma por interferir no mandado de busca internacional da Interpol e por seu suposto envolvimento na célula terrorista e a outra por não possuir documentos legais de residência.

Conforme anunciado pela polícia grega, o túnel do túnel, escavado pelos terroristas, ficava no térreo da casa de dois andares do chefe do grupo, e tinha um comprimento total de 47 metros. Inicialmente, ela se estendia por três metros perpendiculares ao chão e depois corria para o subsolo por todo o pátio da casa, estendendo-se além dela por outros 24 metros, com sua saída levando a um terreno adjacente coberto com vários objetos.

Dentro do túnel foram encontrados e apreendidos:

– 10 Lançadores de foguetes anti-tanque “RPG” com tripé de metal,
– 50 Fuzis Kalashnikov AK-47
– 02 Dois lançadores de granadas,
– 40 pistolas 9mm,
– Grande quantidade de munição variada e diversos acessòrios para manutenção de armamentos e produtos quìmicos.

Com informações do Jornal Kathimerini.gr, Policia Nacional Grega, INTERPOL e Reuters via redação Orbis Defense Europe.



Be the first to comment on "Polícia Grega e INTERPOL descobrem túneis com armas e explosivos; terroristas turcos de extrema esquerda presos"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*