Presidente Trump responsabiliza Irã por invasão da Embaixada dos EUA em Baghdad

Foto por Ahmed AL-RUBAYE and Ayman HENNA France Media Agency.

O Presidente Donald Trump declarou atravéz de sua conta no Twitter, no qual comenta brevemente  a invasão da Embaixada dos EUA no Iraque ocorrida hoje pela manhã (horàrio local do Iraque, por volta de 4am no Brasil). Nessa declaração ele responsabiliza diretamente o Irã por fomentar a invasão da embaixada americana em Baghdad e espera que o governo iraquiano use de suas forças de ordem para resolver a situação.

O DoD – Departement of Defense dos EUA ainda não emitiu nenhum comunicado oficial sobre a situação e todas as informações sobre os fatos estão sendo divulgadas por correspondentes estrageiros no Iraque e outros meios informais como as redes sociais.

Live from Baghdad following US embassy break-in (PART 2)

Ruptly is live from Baghdad on Tuesday, December 31, amid a protest in front of the US embassy compound in the Iraqi capital. Protesters set fire to the embassy premises and broke in.The US ambassador to Iraq and staff members reportedly left before protesters broke down the embassy entrance and stormed the premises.Protesters gathered outside the embassy compound, chanting and holding flags of the Kataib Hezbollah militia, which reportedly lost 25 fighters to US strikes on Sunday.US Secretary Defence, Mark Esper, said on Monday that F-15 Strike Eagles fighter jets hit five targets linked to Kataib Hezbollah, three in western Iraq and two in eastern Syria.The strikes came after Washington accused Kataib Hezbollah of a rocket attack that killed a US civilian contractor and injured four US servicemen and two members of the Iraqi security forces near Kirkuk.PLEASE NOTE: Commentary from an outside source may be audible on the live video. Ruptly is not resposible for any third-party commentary.

Posted by Ruptly on Tuesday, December 31, 2019

Nesse 31 de dezembro, manifestantes e militantes do Hezbollah de Kata’ib no Iraque invadiram a Embaixada dos EUA em Bagdá e atearam fogo em quase toda a instalação. Tudo começou com um grande protesto anti-governo e alguns membros das Unidades de Mobilização Popular (PMU) que estavam protestando diante da embaixada.

O embaixador e a equipe dos EUA teriam sido evacuados da embaixada em Bagdá bem antes da invasão ainda nas primeiras horas do dia, depois que milhares de manifestantes se reuniram do lado de fora do prédio para protestar contra um ataque aéreo dos EUA contra um grupo de milícias apoiado pelo Irã.

  • Com informações Reuters, STF Analysis & Intelligence via redação Orbis Defense Europe.


Be the first to comment on "Presidente Trump responsabiliza Irã por invasão da Embaixada dos EUA em Baghdad"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*